Minimiza as dores no pescoço em 10 minutos 


Há que ser honesto: o surf não é a melhor atividade para a postura. Remar fortalece os músculos das costas, mas a posição (sempre em tensão) do pescoço está longe de ser a ideal quando praticada por muito tempo.

O trapézio superior (parte superior das costas), os rotadores internos do ombro, os extensores curtos do pescoço e os músculos que puxam a cabeça para a frente são apenas alguns dos músculos ao redor da parte superior da coluna/pescoço que se super desenvolvem e forçam o desalinhamento de determinados ossos. E ossos desalinhados não permitem que as articulações se movam com total eficiência, o que pode causar desgaste, dor e lesões. Se combinarmos as mazelas provocadas pelo surf com as de trabalhar a uma secretária, conduzir várias horas por dia ou simplesmente passar muito tempo a consultar um smartphone, então acredita que és o candidato ideal para este programa. 

O vídeo em cima apresenta seis técnicas. Três são exercícios de fortalecimento que são excelentes para os músculos mais fracos que se desenvolvem ao remar durante um longo período de tempo. As restantes três técnicas focam-se no tecido mole e visam os músculos cronicamente tensos que se desenvolvem ao remar durante um longo período.

Ficar mais atento à postura habitual e manter a prática regular destes exercícios pode ser a chave para evitar/melhorar problema de pescoço no futuro. Começa por fazer os exercícios apenas uma vez por semana e ir aumentando lentamente a frequência apenas se não sentires quaisquer dores. 

Esta é, seguramente, uma rotina que exige pouco tempo (máximo de 10 minutos) que ajudará a aliviar as dores no pescoço causadas por desequilíbrios musculares. xxx

Previous População de Lennox rejeita proposta para CT
Next Newcastle reforça perna australiana do CT