Praia da Empa recebeu circuito da Ericeira


Decorreu no fim de semana de 23 e 24 de julho, na praia da Empa, a 1.ª etapa do BILLABONG ERICEIRA 2022, by NATIVE AÇAÍ, destinada às categorias Sub-12, Sub-14, Sub-16, Sub-18 Feminino e Sub-18.

Com excelentes condições para os mais novos, no primeiro dia de prova, onde o Backdoor e a Pedra Branca foram os spots preferidos pela larga maioria dos atletas, decorreram todos os rounds das categorias masculinas, num total de 27 heats.

Em grande destaque no arranque de um dos circuitos mais procurados do país, estiveram Afonso Pinto (com o melhor score combinado de toda a prova), Tiago Faria, Martinho Barros, Tiago Guerra, Francisco Anglani, Gustavo Viana, Francisco Queimado e Rodrigo Rocha que desfrutaram ao máximo das condições de uma das mais procuradas praias da Reserva Mundial de Surf da Ericeira.

No segundo dia, as condições alteraram-se com a diminuição do tamanho da ondulação, que provocou uma paragem de cerca de 2 horas durante a maré cheia e o aumento do vento norte que se fez sentir ao longo de todo o dia. Neste segundo dia de competição, com a ondulação de norte, o Reef foi o pico mais procurado por todos.

Nos Sub-12, a surpresa veio de um jovem surfista chamado Francisco Anglani que, na sua estreia neste circuito, apresentou um surf de alta qualidade e performance que deixou todos os outros participantes e o muito público presentes maravilhados com a sua prestação. Venceu esta categoria, seguido do Campeão Regional de Surf do Centro, Martinho Barros, que esteve também muito bem ao longo da prova; e dos manos Tiago e Nando Hanssen que muito se aplicaram para inverter as suas situações.

Nos Sub-14, Tiago Guerra esteve também ao seu nível, superando todos os seus oponentes com toda a sua qualidade e mestria. No 2.º lugar quedou-se Salvador dias, logo seguido por Ben d’Orey e Gustavo Viana, 3.º e 4.º classificados, respetivamente.

Nos Sub-16, com exibições de altíssima qualidade ao longo de toda a prova, tudo indicava que seria Afonso Pinto a vencer esta categoria. No entanto, nas suas duas últimas ondas, Tiago Guerra consegue dar a volta e alcança a vitória nesta categoria, deixando Afonso em 2.º. Em 3.º e 4.º lugar ficaram Miguel Lages e Manuel Pirujinho.

Nos Sub-18 Feminino, com a final a decorrer na Pedra Branca, fruto da qualidade adquirida ao longo dos últimos anos, coube à mais velha das irmãs Pinto, a goofie Matilde, levar de vencida a categoria, assim como as suas irmãs mais novas Maria (3.º) e Mafalda (4.º). Em 2.º lugar ficou a wildcard Eva Luna.

Nos Sub-18, quando ainda se posicionavam no Reef, já Tiago Faria arrancava em duas ondas consecutivas e praticamente sentenciava a final. Embora os atletas Afonso Pinto, Francisco Queimado e Rodrigo Rocha se tivessem aplicado ao máximo e procurassem ondas com afinco, de forma a inverterem a situação, a vitória na etapa não fugiu a Tiago “Tigre” Faria, deixando Afonso em 2.º, Francisco em 3.º e Rodrigo em 4.º.

A próxima etapa está agendada para o final de agosto. xxx

SUB-12

1º Francisco Anglani

2º Martinho Barros

3º Tiago Hanssen

4º Nando Hanssen

SUB-14

1º Tiago Guerra

2º Salvador Dias

3º Ben D’Orey

4º Gustavo Viana

SUB-16

1º Tiago Guerra

2º Afonso Pinto

3º Miguel Lages

4º Manuel Pirijinho

SUB-18 Feminino

1º Matilde Pinto

2º Eva Luna

3º Maria Pinto

4º Mafalda Pinto

SUB-18

1º Tiago Faria

2º Afonso Pinto

3º Francisco Queimado

4º Rodrigo Rocha

Fotos: Pedro Broeiro | ESC
Previous Espanha sagrou-se Campeã da Europa no Eurosurf Junior 2022
Next Miss Prio Cup anima semana na Costa Nova