Reserva Mundial de Surf da Ericeira celebrou 10 anos


10º aniversário foi celebrado na emblemática Praia de Ribeira d’Ilhas.

(press release) Foi numa manhã bastante semelhante à do dia 14 de outubro de 2011 que a Reserva Mundial de Surf da Ericeira (RMSE) celebrou o seu décimo aniversário.

Sem vento e com tempo ameno, as ondas rolavam perfeitas quando davam à costa os sets, que roçavam um metro de altura, fosse na praia do Matadouro (onde as doze comitivas europeias se reuniram, com grande animação matinal) ou em Ribeira d’Ilhas, para onde se dirigiram a pé para celebrarem a importante data juntamente com a comunidade local e os representantes da entidades Guardiãs da RMSE.

Foi por volta das 11 horas desta quinta-feira que a praia de Ribeira d’Ilhas, onde há dez anos atrás se realizara a cerimónia de consagração deste património natural, voltou a acolher vários momentos carregados de simbolismo, que se juntam a outras efemérides da História do Surf Português ali ocorridas, como a realização das primeiras competições nacionais e internacionais no nosso país.

No âmbito do main event do projecto Ericeira WSR+10, através do qual o Ericeira Surf Clube (ESC) tem vindo a comemorar a década inicial da RMSE, foi descerrada uma placa evocativa. Esta cerimónia contou com a presença das delegações europeias parceiras do Ericeira WSR+10 bem como das entidades que integram o Conselho Restrito do Conselho Municipal da RMSE – o Ericeira Surf Clube, a Associação dos Amigos da Baía dos Coxos (representada por Tiago Matos e José Gregório), a SOS – Salvem o Surf (nas pessoas de Pedro Bicudo e Pedro Moreira Rato), a Câmara Municipal de Mafra – Célia Batalha Fernandes, que colocou termo ao percurso de oito anos no executivo municipal, teve aqui a sua última intervenção num ato público enquanto vereadora – e ainda de Filipe Abreu, presidente da Junta de Freguesia da Ericeira.

Coube a Miguel Barata de Almeida, presidente do Ericeira Surf Clube, a intervenção inaugural, durante a qual começou por fazer um balanço dos últimos dez anos: “Quando, a 14 de Outubro de 2021, nos foi atribuído o galardão de Reserva Mundial de Surf, estávamos ainda longe de imaginar que os números afetos a diversas variáveis começassem a ser avassaladores para um território com esta dimensão. A existência de uma Reserva Mundial de Surf, em que grande parte da sua área é urbana ou de muito fácil acesso, tem vindo a sobrecarregar cada vez mais as praias e os surf spots.”

No final dos discursos institucionais abriu-se espaço a uma sucessão de momentos mais emotivos, que tiveram início no descerramento da placa evocativa dos 10 anos da RMSE pela filha de Pedro Moreira Rato e terminaram na entrega de uma réplica desta mesma placa ao presidente do Ericeira Surf Clube.

Parabéns, Ericeira!

Previous Ericeira Juniores decide campeão nacional sub-18
Next Mason Ho vs. Molhe Leste