Título nacional em jogo na Praia Grande


De 25 a 27 de Junho, os melhores surfistas nacionais estão de regresso à ação na Liga MEO Surf. A Praia Grande vai ser o palco do Allianz Sintra Pro, a quarta e penúltima etapa da Liga MEO Surf 2021.

Depois de ter sido votada pelos próprios surfistas como a melhor etapa de 2020, este ano a Praia Grande apresenta-se como uma paragem de extrema importância para a reta final da temporada, em pleno início de verão. Vasco Ribeiro (na foto) e Carolina Mendes são os licras amarela, e consequentemente, líderes do ranking da Liga MEO Surf 2021.

Mensagem de Basílio Horta, presidente da Câmara Municipal de Sintra:

“As águas selvagens do Atlântico fazem da costa do concelho de Sintra lugar de paragem obrigatória para os amantes dos desportos aquáticos. Receber em Sintra, uma competição como a Liga MEO Surf coloca o nosso concelho em destaque junto dos apaixonados pela natureza, pelo mar e pelo desporto, trazendo novas dinâmicas, novas gentes a conhecer e desfrutar do nosso território. Sintra dá as boas-vindas aos amantes do surf e deseja a todos os atletas uma boa prova e boas ondas.”

Allianz Sintra Pro 2020 em números:

– Campeões da Etapa: Vasco Ribeiro e Teresa Bonvalot;

– 1274 ondas surfadas por 99 surfistas inscritos;

– Melhor onda (máximo 10 pontos): Vasco Ribeiro, 9,65 pontos nas meias-finais;

– Melhor pontuação (máximo 20 pontos): Teresa Bonvalot, 17,15 pontos, na ronda 3.

Esta é uma etapa de cariz decisivo para as lutas pelos títulos nacionais, podendo haver já festa antecipada no caso masculino, com Vasco Ribeiro à espreita de um inédito quinto título nacional.

Contagem de Títulos Nacionais Masculino:

– Vasco Ribeiro: 4 títulos (2017, 2014, 2012 e 2011)

– Ruben Gonzalez: 4 títulos (2008, 2006, 2005 e 2004)

– Frederico Morais: 3 títulos (2020, 2015 e 2013)

– José Gregório: 3 títulos (2007, 2003 e 1997)

– João Antunes: 3 títulos (1998, 1996 e 1994)

Depois de ter conquistado as duas últimas etapas, Vasco chega à Praia Grande, onde venceu no ano passado, a precisar “apenas” de repetir esse triunfo de 2020 para carimbar automaticamente o título, que já lhe foge desde 2017. Mas até pode nem precisar de vencer a etapa para assegurar o cetro.

Requisitos para Vasco Ribeiro ser campeão nacional na Praia Grande:

– Se vencer a etapa é campeão nacional;

– Se chegar à final e Afonso Antunes não vencer a etapa;

– Se chegar às meias-finais e Afonso Antunes não chegar às meias-finais;

– Se chegar aos quartos-de-final, Afonso Antunes não chegar aos quartos-de-final e Tomás Fernandes, Guilherme Ribeiro ou Guilherme Fonseca não vencerem a etapa.

Do lado feminino, com Carolina Mendes de licra amarela vestida, fruto da liderança do ranking, as contas ainda estão mais equilibradas, com Francisca Veselko a apenas 10 pontos de distância e com Teresa Bonvalot também a tentar recuperar terreno perdido na luta pela revalidação do título nacional. Tanto Teresa como Yolanda Hopkins, recentemente qualificadas para os jogos olímpicos, contam neste momento com menos uma etapa nos pontos atuais para o ranking.

O Allianz Sintra Pro vai também ser também o palco de mais uma etapa da forte evolução do Surf feminino português, incluindo um qualificado lote de jovens sensações, que vive dias de glória e onde se inclui a surfista local Leonor Fragoso. 

Fica atento a mais novidades. xxx

Fotografia: Jorge Matreno / ANSurfistas
Previous Campeões regionais de surf do Norte apurados em prova com recorde de participantes
Next Circuito Quebramar 2021