Trio nacional impecável em dia de repescagens no Mundial ISA


A Seleção Nacional ultrapassou com brilhantismo um dia muito difícil, completamente dedicado às repescagens, no Mundial ISA da Califórnia, que decorre em Huntington Beach até sábado.

Guilherme Ribeiro foi aquele que esteve mais em foco, tendo de disputar três baterias de repescagem, tendo ganho na ronda 3, passado em segundo na ronda quatro para terminar em beleza na quinta ronda de repescagem, vencendo com um total de 11.76 pontos frente ao canadiano Wheeler Hasburgh (11.27) e ao alemão residente em Portugal Dylan Groen (0.47).

Frederico Morais, por seu turno, teve uma prestação impecável, vencendo as duas baterias em que esteve envolvido, na ronda 4 e 5 das repescagens. Na ronda 4 bateu Rio Waida (Indonésia), Sebastian Williams (México) e o brasileiro naturalizado italiano Jesse Mendes. Na ronda 5 das repescagens somou 14.37 pontos para ultrapassar o japonês Keanu Kamiyama (13.60) e o inglês Patrick Langdon-Dark (8.40).

Finalmente, Francisca “Kika” Veselko venceu a sua bateria das repescagens, na ronda 4, ao somar 11 pontos, batendo a alemã Noah Klapp (10.97), a porto-riquenha Mia Calderon (7.70) e a chinesa Shuge Jiang (7.33).

Um dia para celebrar, mas sem euforias, diz o presidente da Federação Portuguesa de Surf, João Aranha: “Foi um dia difícil, como são todos a partir deste momento numa competição com nível tão elevado como esta, mas é de assinalar a maturidade emocional destes atletas que, confrontados com uma possível eliminação, estiveram todos a grande altura. Penso que temos razões para continuar confiantes nos nossos objetivos e nas conquistas a que nos propusemos, ou seja, de colocar uma equipa completa nos Jogos Olímpicos de Paris.” xxx

Previous Seleção Nacional mantém “olhos nas finais”
Next Pedra Branca recebeu 2.ª etapa do Circuito da Ericeira